beleza · dicas

Itens de beleza que não podem faltar na sua mala de viagem

Os cuidados com a beleza ficam mais difíceis quando saímos da nossa rotina, mas existem itens indispensáveis em qualquer viagem.

Viajar é sempre uma delícia! Seja qual for o destino, praia ou montanha, calor ou frio; alguns itens tornam-se indispensáveis para conseguirmos manter os nossos cuidados.

Começaremos pela pele: se vai viajar de avião, ela sofrerá com a pressurização e o ar seco tenderá a desidratá-la, por isso é muito importante ter um hidratante mais potente do que o que já está acostumada a usar.

Se o destino for um lugar frio, mais ressecamento; se for praia com muito sol, também. É verdade que o calor aumenta a oleosidade, em contrapartida a pele queimada de sol tende a ficar mais seca (já citei algumas vezes que hidratação e oleosidade da pele são coisas bem diferentes).

Um bom hidratante facial é fundamental em qualquer viagem
Um bom hidratante facial é fundamental em qualquer viagem

É fundamental também ter produtos adequados para a remoção de maquiagem: eu sugiro os lencinhos demaquilantes (por questão de espaço e serem mais fáceis de carregar), finalizando com uma lavagem com gel ou sabonete de limpeza (que pode ser levado em frasco pequeno de viagem).

Também é fundamental ter em mãos um bom hidratante corporal e protetores solares adequados (de acordo com o destino).

O hidratante corporal não pode ser esquecido
O hidratante corporal não pode ser esquecido

Para os cabelos: é fundamental ter um bom óleo (daqueles que salvam defunto, pois salvarão ou do sol e sal do mar, ou do frio e ressecamento); também é fundamental fazer bons tratamentos e para isso podemos levar aquelas miniaturas de máscaras (e shampoos também).

Leve sempre um óleo capilar potente
Leve sempre um óleo capilar potente

Se tem que optar só por uma, escolha a que tenha as 3 etapas (Nutrição, Hidratação e Reconstrução); mas caso haja espaço em sua mala, diversifique as suas miniaturas de produtos para usar de acordo com o estado do seu cabelo no dia. Tenha também um bom leave-in (se for para sol, escolha um que possua protetor solar).

Para maquiagem: escolha bases leves (ou bb creams). Viagens incluem passeios diurnos e na luz do sol somente produtos leves ficam bonitos. Leve também um rímel, um blush em bastão e escolha um perfume que te agrade e seja adequado para o clima do destino; coloque-o  em um porta-perfume adequado para viagem.

Aposte em uma base leve ou mesmo BB Cream
Aposte em uma base leve ou mesmo BB Cream

Para os lábios carregue sempre um lip balm com cor, ele deixará aquela corzinha saudável junto com a hidratação (tornando-se mais prático do que o batom). Sempre que puder opte pelos produtos multifuncionais, eles economizarão tempo e espaço em sua bagagem.

Não se esqueça também de ter em mãos o seu óculos de sol, pois além de dar um charme a mais para o visual, irá proteger seus olhos da radiação solar ou do vento; além de ajudar a esconder as olheiras das noites mal dormidas e do jet lag.

Leve sempre um óculos de sol em suas viagens
Leve sempre um óculos de sol em suas viagens
beleza · dicas · pele · pele oleosa

A importância do microbioma para a saúde da pele

O microbioma equilibrado é fundamental para manter a pele bonita e saudável. Descubra onde você está errando em sua skincare.

Se você está sempre investindo em cosméticos para a pele e percebe que ela nunca está boa: está com muita acne, seca, sensível, descascando e avermelhada, o seu problema deve estar no microbioma. Este nome tem ganhado cada dia mais importância na indústria dos cosméticos, mas muita gente ainda não entende bem o seu significado.

O microbioma é o conjunto de microorganismos que habita em determinado local, ou seja, são os bichinhos invisíveis que estão ali na sua pele e estão lá para deixá-la equilibrada e protegida de outros micro-organismos.

Por que meu microbioma está desiquilibrado?

Existem diferentes causas para um microbioma desiquilibrado, que incluem a má alimentação, cigarro, raios ultravioleta e agentes oxidantes de forma geral (esses podem ser externos e também provenientes de alimentação, remédios, anestesias etc). O uso de cosméticos também pode afetar o microbioma e trazer efeito oposto ao desejado. Algo muito comum de acontecer em quem tem pele oleosa e bem acneica, é usar muitos produtos secantes para espinhas e acabar com a pele extremamente seca/sensível e ainda oleosa e com espinhas (já expliquei algumas vezes aqui no blog que oleosidade e hidratação da pele são coisas totalmente diferentes).

É preciso prestarmos atenção para descobrir onde estamos errando. Se a sua alimentação é cheia de açúcar, gordura saturada, com pouca água, verduras, legumes e frutas, fica bem clara a resposta. Assim como o cigarro e sol em excesso sem proteção, nossa pele costuma “gritar”  quase instantaneamente.

Bons hábitos contribuem para uma pele saudável
Bons hábitos contribuem para uma pele saudável

Microbioma alterado pelo uso de cosméticos

Quanto ao uso de cosméticos, é bom sempre lembrar de seguirmos os passos básicos de cuidados com a pele: limpeza, hidratação e proteção. A pele precisa estar sempre bem limpa para manter seu microbioma equilibrado, assim como os ativos antioxidantes e o protetor solar ajudarão a manter a pele também protegida dos agentes nocivos.

A pele pode ficar extremamente seca e sensível com o microbioma em desequilíbrio
A pele pode ficar extremamente seca e sensível com o microbioma em desequilíbrio

Quanto ao uso de outros cosméticos, como produtos para rugas gordurosos, ácidos e produtos para espinhas; precisamos prestar bastante atenção quando utilizamos para saber se eles estão desencadeando o problema. Produtos para peles mais secas possuem oclusivos que podem prejudicar peles mais oleosas e prender os microorganismos nocivos lá (caso a pele não tenha sido limpa da maneira adequada). Os ácidos como o retinóico tornam a pele muito mais permeável para outros ativos, e seca/sensível, podendo desencadear irritações e desequilibrar o microbioma caso ela não esteja adequadamente hidratada. O mesmo vale para os produtos secativos para controle de espinhas/oleosidade, que usados em exagero só trarão malefícios para a pele.

Outros fatores

Outros fatores podem estar influenciando no seu microbioma e saúde da pele de forma geral, como questões hormonais ou até mesmo alguma doença não diagnosticada; por isso, se você faz tudo da maneira correta e mesmo assim percebe que a sua pele nunca está boa, deve procurar ajuda médica para um melhor diagnóstico.

Em alguns casos é fundamental a avaliação de um médico
Em alguns casos é fundamental a avaliação de um médico

Além disso, também veremos pessoas que farão várias coisas erradas e perceberemos que mesmo assim possuem a pele ótima: aí entra a questão genética. Sim, fatores genéticos também influenciam na saúde da nossa pele (como em todo o resto).

 

beleza · dicas · pele · pele oleosa

Skincare masculina: muito além de vaidade, uma necessidade

Skincare não é uma necessidade somente da pele feminina e os homens estão cada dia mais conscientes disso. 

Aquele tempo em que os homens não cuidavam da pele está ficando para trás: hoje a skincare masculina está sendo difundida e virando uma verdadeira moda entre os rapazes, que tem olhado de forma mais positiva para o assunto. Se antes um homem cuidar da pele chegava a ser um tabu, hoje, é uma verdadeira necessidade, pois eles já conseguiram entender que os cuidados com a pele vão além da vaidade e são também questões de higiene, saúde e bem-estar.

O homem precisa cuidar da pele tanto quanto a mulher
O homem precisa cuidar da pele tanto quanto a mulher

As peles dos homens e das mulheres possuem algumas diferenças, mas existem conceitos básicos de cuidados que funcionam para ambas: o primeiro passo é sempre identificar qual o tipo de pele: seca, normal, mista ou oleosa e a partir daí escolher produtos adequados de limpeza, hidratação e proteção (antioxidante e solar). Estas etapas são fundamentais para qualquer pele, seja de homens, mulheres, crianças, adultos ou idosos.

Devemos lembrar que mesmo quem possui a pele oleosa deve hidratá-la, pois hidratação e oleosidade são coisas diferentes (embora geralmente quem tem a pele oleosa consiga segurar melhor a hidratação). Inclusive é possível ficar com a pele oleosa e desidratada ao mesmo tempo (que é um dos piores resultados em uso errado de cosméticos).

Cuidados com a pele do rosto

A disciplina é um conceito muito  importante que vale para o cuidado da pele (tanto masculina quanto feminina): não adianta aplicar os produtos  só de vez em quando, “quando lembra”. Cuidado com a pele tem que fazer parte da rotina (como tomar banho e escovar os dentes).

O uso dos produtos na ordem correta também é fundamental para manter a pele bonita e saudável: deve-se primeiro higienizar (com sabonete ou gel de limpeza adequado para o tipo de pele – seca, normal, mista ou oleosa).

Depois passamos para hidratação e antioxidantes (como vitamina C e Resveratrol): a ordem vai depender da consistência do produto, mas hoje em dia já temos muitos que já estão combinados em um produto só. O mais fluido (mais leve) virá antes e depois o que for mais denso e/ou tiver agentes oclusivos (geralmente os hidratantes possuem oclusivos para prender a hidratação na pele – neste caso, virá depois do antioxidante). Mas existem também hidratantes sem oclusivos e antioxidantes combinados com outros ativos (inclusive, oclusivos). Por isso é sempre importante lermos as instruções e propostas dos produtos que usamos.

O terceiro passo é o uso do protetor solar (inclusive em ambientes fechados se você fica no computador e/ou celular). O protetor solar também deve ser escolhido com cuidado, pois deve ser adequado ao tipo de pele e confesso que acho uma das missões mais difíceis encontrar um protetor que realmente entregue o que propõe neste quesito.

Com esses passos a pele já está preparada para enfrentar o dia: lembrando que o protetor deve ser reaplicado com frequência para que mantenha a sua eficácia. Para a noite, existem diferentes tratamentos para a pele de acordo com a idade e necessidade de cada um.

Para os mais jovens, não há necessidade de nenhum tratamento extra se já seguem os passos anteriores de forma correta. Para os que já chegaram aos 30 ou mais, existem opções interessantes de prevenção de rugas com ácidos e produtos mais potentes (que devem ser indicados por dermatologistas), além de tratamentos estéticos como botox, preenchimento (entre outros) que devem ser avaliados por profissionais (sempre procure um(a) dermatologista para isso).

Caso a pele possua algum problema, como excesso de espinhas, dermatite, rosácea, ou é extremamente seca, é necessário a ajuda também de um profissional para os tratamentos que poderão ser feitos para amenizar os problemas.

Cuidados com a pele do corpo

Passando para os cuidados com a pele do corpo: devemos também hidratar e proteger. Neste momento, os produtos já não serão os mesmos usados no rosto, pois mesmo quem tem a pele oleosa, precisará de mais hidratação no corpo (menos peito e costas que possuem muitas glândulas sebáceas).

Para hidratar o corpo pode-se escolher entre óleos e hidratantes: óleos de banho, ou aplicados depois (melhor momento é logo após o banho, pois a pele absorverá melhor) ou o hidratante convencional. As peles mais secas precisarão de produtos mais potentes e mais gordurosos para segurar a hidratação. Para as outras peles, hidratantes não tão densos já são suficientes.

A pele do corpo também deve ser hidratada e protegida
A pele do corpo também deve ser hidratada e protegida

Por último vem o protetor solar (que também geralmente não será o mesmo do rosto, embora algumas marcas possuam esta proposta). Ele deve ser aplicado em toda a área corporal que ficará exposta (ou seja, sem roupa por cima). Caso haja exposição solar intensa, deve ser reaplicado de acordo com as instruções do fabricante.

Cuidados com cabelo e couro cabeludo

Outro ponto importante é manter o cabelo limpo, sempre lavá-lo quando necessário: ou seja, quando estiver sujo, oleoso. Existia um mito de que não se pode lavar o cabelo todos os dias; mas a verdade é que a frequência de lavagem depende do tipo de pele/raiz de cada um: quem tem a pele/raiz muito oleosa fica com o couro cabeludo cheio de sebo rapidamente e é necessário que o cabelo e couro cabeludo sejam lavados com mais frequência.

Deixar a raiz cheia de sebo, não só é algo que deixa um aspecto feio (de sujo mesmo) como também pode causar queda de cabelo; isto porque existe um hormônio chamado Dihidrotestosterona (DHT) que fica ali grudado no sebo (ele é resultado de uma transformação química que ocorre no couro cabeludo). Apesar de estar presente em homens e mulheres, sua concentração é maior em homens e por isso a chance da calvície masculina por falta de lavagem é maior.

Caso a raiz não seja oleosa, ou seja até mesmo seca, já torna-se mais importante aumentar o intervalo entre as lavagens. A regra é: está sujo, lave! Não está, não lave!

Vale lembrar que a barba também deve ser lavada com regularidade e ser cuidada como o próprio cabelo. Caso sinta necessidade, pode condicioná-la para que fique mais macia e com um aspecto mais bonito (sempre com cuidado para que o condicionador não encoste na pele do rosto).

 

 

 

 

 

aprovados · beleza · cabelos · dicas · leave in

Top 5 melhores leave-ins para o cabelos finos

Selecionei 5 leave-ins com proteção térmica indicados para cabelos finos e oleosos que pesam com facilidade.

Olá, bonequinhas!

Hoje vim dar uma dica com leave-ins para aqueles cabelos que pesam fácil com nutrição (gordura) pois são finos e oleosos por natureza. Já fiz uma seleção com óleos leves para os fios e agora a vez é dos leave-ins em creme.

Os cabelos mais finos e oleosos precisam de cuidados especiais, pois podem facilmente acabar pesando e ficando com aspecto de sujos e ensebados. É fundamental escolher produtos adequados pois para acabar com o aspecto de ensebado após o uso de um finalizador errado, é necessária uma nova lavagem com produto certos.

Leave-in Defense Thermique Genesis Kérastase

Este leave-in é fluido e extremamente cheiroso (cheiro de perfume de limão). Deixa um toque aveludado no cabelo, doa brilho e deixa os fios alinhados sem pesar nada. Possui Raiz de Gengibre, Flor de Edelweiss e Óleo de Coco, sendo capaz de nutrir, hidratar e fortalecer enquanto controla o frizz, previne as pontas duplas e sela as cutículas dos fios sem pesar. Este leave-in deixa o cabelo extremamente macio e alinhado (contém um neuro-peptídeo de baixo peso molecular que alinha e deixa um toque de algodão) além de possuir proteção térmica até 230ºC e poder antioxidante, protegendo os fios dos radiais livres.

Leave-in Cicaplasme Blond Absolu Kérastase

Sérum fortificante para cabelos descoloridos ou com mechas, é um pouco menos fluido que o anterior (Defense Thermique e possui um cheiro muito parecido). Possui Ácido Hialurônico, Raiz de Edelweiss, Serina e Vitamina E. Ele preenche e trata as fibras danificadas enquanto deixa as cutículas mais seladas. Com alto poder antioxidante, protege e hidrata o cabelo doando extrema maciez, controlando o frizz e doando brilho. Possui proteção térmica até 230ºC além de proteção UV.

Straight Hair da K. Pro

Este creme de proteção térmica alinha os fios, controlando o frizz e doando brilho intenso. Possui um blend de silicones e queratina hidrolisada e deixa os fios macios e fortalecidos. Possui mica (brilho) que reflete na luz e dá um efeito lindo no cabelo. O cheirinho é suave e gostoso (frutal) e sinto que ele deixa meus fios mais encorpados, então, se você também quer garantir um cabelo mais cheio, se joga nele!

Liso, Leve and Solto da Lola Cosmetics

Este leave-in fluido também é cheio de brilho e tenho um cheirinho floral que eu acho delicioso. É indicado para cabelos lisos (naturais ou alisados) que querem prolongar o liso e controlar o frizz mantendo a leveza dos fios. É termo ativado, necessitando do uso do secador ou chapinha para demonstrar seus benefícios: meu cabelo  fica extremamente macio, leve e alinhado (como ele promete). Possui Canela, com poder umectante e antioxidante e que doa emoliência para os fios; e Azeite de Oliva, doa grande suavidade para o cabelo nutrindo, hidratando e protegendo os fios com o seu poder antioxidante. É um óleo que não pesa o cabelo. Este leave-in possui proteção térmica embora a marca não diga até quantos graus.

Cicatri Renov Reparação Total 5 Elseve L’Oréal

Este leave-in é um creme denso e branco com cheiro agradável (bem típico dos produtos da marca). Deixa o cabelo macio, fortalecido, cutículas seladas sem adicionar peso. Possui proteção térmica e também pode ser usado como reparador de pontas. Rico em silicones e quatérnios, garante bastante proteção, cutículas seladas e controle do frizz. Também possui uma ceramida que ajuda a reparar e fortalecer os fios enquanto doa nutrição. Os fios ficam extremamente leves e com um toque sedoso.

dicas · moda

Tendência Primavera/Verão com muita cor e alegria

Confira looks lindos que serão tendência nas próximas estações: roupas leves e coloridas chegam com tudo.

É hora de guardar as botas e casacos e se preparar para investir nos looks mais alegres: roupas leves e bem coloridas, bufantes e misturas de estampas chegam com tudo nas estações mais quentes do ano.

Selecionei alguns modelos da Shein para quem quer arrasar na passarela das ruas!

 

O vestido Tie Dye com detalhes em verde e assimétrico é alegre e tropical. Pode ser usado para uma festa à tarde, almoço ou passeio na orla no fim da tarde. Exalta a feminilidade mantendo um certo mistério e elegância.

As mangas exageradas voltam com tudo nas estações mais descontraídas e é imperativo ter uma peça dessas no guarda-roupa.

Selecionei este vestido com floral rosa, que une um ar romântico com a sensualidade de um decote um pouco mais chamativo. As mangas dão um charme especial ao look tornando-o único e mais descontraído.

O macaquinho continua sendo uma peça curinga nas estações mais descontraídas e dão um charme ao look. Selecionei este modelo com detalhe na cintura que o torna mais elegante. A cor neutra traz sobriedade à composição, tornando-a versátil. Combinando com os acessórios certos, pode ser usado para programas tanto diurno quanto noturnos.

antirrugas · aprovados · dicas · pele · pele oleosa

Óleo de Rosa Mosqueta: adote em sua skincare

O Óleo de Rosa Mosqueta é rico em vitaminas A , C e E e ácidos graxos. Hidrata, regenera e protege a pele dos radicais livres.

Olá, bonequinhas!

Hoje a dica é de skincare para quem tem duvidas sobre usar óleos na pele oleosa. O Óleo de Rosa Mosqueta é um dos melhores óleos para tratar a pele (se não o melhor) pois é rico em retinol (vitamina A), um ativo que regenera a pele. O retinol estimula a produção de colágeno e elastina e é o ativo número 1 indicado pelos dermatologistas quando se fala em rejuvenescimento. É um anti-idade potente e com inúmeras comprovações científicas sobre seus benefícios para a pele. Quando absorvido, é convertido em ácido retinóico sendo capaz de penetrar na derme e neutralizar os radicais livres enquanto estimula a produção de colágeno e elastina.

O Óleo de Rosa Mosqueta hidrata intensamente a pele
O Óleo de Rosa Mosqueta hidrata intensamente a pele

Além disso, o Óleo de Rosa Mosqueta é rico em vitaminas C e E com alto poder antioxidante, protegendo a pele dos radicais livres. Este combo de vitaminas é capaz de regenerar e clarear a pele, por isso ele torna-se ideal para quem quer clarear manchinhas, atenuar rugas, aumentar a elasticidade e tornar a pele mais uniforme. Ele também pode ser usado para atenuar estrias e outras cicatrizes, sendo ainda mais eficaz quando combinado com os tratamentos estéticos mais invasivos.

O Óleo de Rosa Mosqueta estimula a produção de colágeno e elastina
O Óleo de Rosa Mosqueta estimula a produção de colágeno e elastina

Este óleo promove uma hidratação profunda da pele e pode ser usado puro ou misturado com outros cremes ou óleos que já fazem parte da sua rotina de skincare.

Particularmente, gosto de usar todo dia ao redor dos olhos ara evitar aquelas primeiras ruguinhas na região (pés de galinha) e alterno no rosto inteiro com a Tretinoína (ácido retinóico) que é mais agressivo e resseca a pele. O Óleo de Rosa Mosqueta devolve a hidratação enquanto potencializa o resultado do ácido retinóico que aplico no dia anterior. Minha pele absorve tudo e fica com um aspecto bonito e de bem tratada.

Por ser um óleo leve e rico em ácidos graxos insaturados, não é um óleo muito comedogênico dando bastante abertura para quem tem a pele oleosa usar. Como uso o ácido retinóico em dias alternados, o Óleo de Rosa Mosqueta tornou-se fundamental para recuperar a minha pele do extremo ressecamento causado pelo ácido. Para quem não faz uso de ácidos e também tem a pele oleosa, pode ser mais interessante usar à noite para não correr o risco de sentir a pele pegajosa durante o dia.

 

 

dicas · moda

Malhando com estilo

Looks interessantes para compor um visual harmônico na hora de malhar. Treinar com estilo é tendência!

Quem pensa que a hora de malhar (ou treinar) é a hora de andar desarrumada, está enganada. Mesmo na hora do treino é possível compor looks interessantes e harmônicos; mas pode ser um desafio para algumas pessoas com tantas estampas coloridas ao mesmo tempo.

Selecionei alguns modelos de roupas fitness interessantes da DLK Modas e a melhor forma de combinar para que o visual de treino não fique exagerado ou sem graça.

A primeira dica é ter peças curingas, mais neutras para combinar com peças mas extravagantes. Ter ao menos uma legging preta básica tornará a hora de vestir-se para malhar mais simples, sendo fácil combinar qualquer tipo de blusinha, das mais básicas às mais extravagantes.

legging preta com brilhoUma opção interessante é esta legging de poliamida com brilho, que de destaca das leggings ao mesmo tempo que permite muitas combinações, inclusive com blusas mais coloridas e estampadas.

 

 

 

 

 

 

 

Para as mais ousadas existem opções que ainda conseguem unir o básico sem ser apagado. Um modelo bem interessante é a calça legging preta com tela de oncinha, fazendo o estilo ‘sexy sem ser vulgar’. Você será notada de forma positiva, sem mostrar demais ou de menos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 A calça legging branca com recortes é puro glamour e impossível não ser notada (sério, tenho uma dessas e amo!) Deixa uma leveza no look junto com uma grande personalidade, também sendo simples de combinar com tops e blusas. E a malha é grossinha e nada transparente e não marca absolutamente nada. Definitivamente o meu modelo preferido.

 

 

 

 

shortTer modelos de shorts coloridos é ótimo para quem treina na praia. Seja só uma corridinha ou uma aula de funcional, o short é mais prático para quem se exercita na areia e deixa o look bem tropical e bonito. Este short com folhas amarelas é um verdadeiro charme e criará um destaque visual no look. Além disso, ele é dupla face, dando a possibilidade de deixar só uma faixa lateral com a estampa, tornando-o mais discreto para o dia que quiser ousar mais no top ou camiseta.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O body é uma peça super interessante para quem gosta a cinturinha bem marcada. Este modelo nude é capaz de deixar o look bonito e sensual sem exageros. Não possui bojo e você pode usar um top por baixo ou somente ele, de todas as formas deixará o look diferenciado.

 

 

cabelos · dicas · Sem categoria

As fases da Lua influenciam na hora de cortar o cabelo?

Muitas pessoas acreditam que as fases da Lua influenciam na hora de cortar o cabelo podendo determinar se o cabelo e ficará forte. Mito ou verdade?

Cada fase da lua influenciaria de forma diferente o cabelo
Cada fase da lua influenciaria de forma diferente o cabelo

Muita gente leva a sério a lua na hora de cortar os fios, pois para essas pessoas ela será determinante para ter um cabelo mais bonito ou não.

A lua ter 4 fases principais: nova, crescente, cheia e minguante. Cortar durante a lua nova para algumas pessoas significaria ficar com os fios renovados e fortalecidos. É o momento de quem tem fios ralos mudar o jogo.  Cortar durante a lua crescente significaria crescimento mais acelerado dos fios, ideal para quem quer entrar no projeto Rapunzel. Cortar durante a lua cheia, significaria fios mais volumosos e brilhantes, ideal para quem possui cabelos ralos. Já cortar durante a lua minguante significaria menos volume para o cabelo, ideal para quem tem cabelo muito cheio, que arma com facilidade e fica difícil de controlar.

Por que a lua influenciaria no cabelo?

Quem defende esta teoria afirma que a influência ocorre sobre a água e sendo nosso corpo composto por 60% de água, sofreria uma forte influência, assim como as marés.

Mas apesar de em princípio parecer um bom argumento, existem dois pontos questionáveis (além do fato de não haver nenhuma comprovação científica sobre isso):

  1. o cabelo é composto 85% por queratina, 12% água e 3% lipídios
  2. apesar de a raiz ser viva, comprimento e pontas são tecido morto, o que significa que nada interferem na raiz

Nenhum dermatologista aceita esta teoria de influência da lua sobre os fios, pois nunca encontraram respaldo científico para isso; portanto, na visão médica, isso é apensa um mito. Aliás, nada o que ocorre na parte morta dos fios é capaz de influenciar no bulbo capilar (parte viva) e é por isso que conseguimos cortar, passar ferramenta térmica extremamente quente e usar várias químicas sem sentir dor alguma.

O corte na parte morta do cabelo não influencia no bulbo capilar
O corte na parte morta do cabelo não influencia no bulbo capilar

Mas imaginemos que o cabelo fosse todo vivo, ainda assim, a quantidade de água presente nele não é tão grande assim para influenciar a ponto de deixar os fios mais ou menos cheios, crescendo mais ou menos devagar.

Ainda assim, se você se sente mais confortável de cortar em determinada lua, pois acha que dá um bom resultado, não há problema algum em continuar cortando. O importante é saber que se tiver com queda de cabelo e crescimento lento, deve procurar um médico para identificar a causa e não tentar culpar o corte de cabelo feito na lua errada.

Um fato interessante é que apesar de a lua aparentemente não influenciar nos fios, as estações do ano comprovadamente influenciam. O cabelo tende a cair mais no inverno e a crescer mais no verão. Mas isso é facilmente justificado, pois no inverno o ressecamento do couro cabeludo aumenta (motivo 1), as pessoas tendem a tomar banhos mais quentes e longos (motivo 2) e não costumam pegar sol (motivo 3). O sol é fundamental para sintetizar a vitamina D, hormônio necessário para a saúde dos fios. Quando não está em quantidade suficiente no organismo ou não é sintetizado, leva à queda de cabelo.

 

 

aprovados · beleza · cabelos · dicas

TOP 6 óleos leves para os cabelos

Elegi os 6 melhores óleos leves para quem quer nutrir os fios sem risco de pesar.

Óleo-Relax Advanced da Kérastase

Este óleo da linha Discipline da Kérastase é indicado para cabelos indisciplinados e volumosos e promete controlar os fios mantendo o movimento. Possui uma textura extremamente leve, porém é bem nutritivo sem pesar nada. Protege até 230ºC, deixa os fios extremamente sedosos, com o frizz controlado, doa brilho e hidrata. Infundido com Morfo-óleos, composto por Óleo de Coco, que hidrata, protege e amacias os fios; Óleo de Rosa Mosqueta, hidrata e tem alto poder antioxidante; e Óleo de Sacha Inchi (Noz Inca), que é rico em ácidos graxos, nutre intensamente a fibra enquanto doa suavidade aos fios.

Mythic Oil Originale

Este óleo da L’Oréal Professionnel é indicado para todos os tipos de fios e tem alta concentração de óleo de Argan. Protege até 230ºC, desembaraça os fios doando muita sedosidade, doa brilho e controla o frizz. Possui consistência fluida e não pesa nada, mesmo assim garantindo fios bonitos e com aspecto saudável. A marca afirma que este óleo de Argan nutritivo é altamente concentrado e capaz de deixar a fibra macia e com brilho sem adicionar peso. Sua textura leve e fluida melhoraria o ressecamento dos fios, deixando-os macios da raiz às pontas. Ideal para desembaraçar o cabelo após a lavagem e dar brilho antes ou depois da secagem, com proteção térmica até 230ºC e 48 horas de proteção contra o frizz. O Óleo de Argan é super rico em vitaminas A, C e E, além de ser carregado com antioxidantes, ácido linoleico e ácidos graxos ômega-6. Ele também tem um efeito protetor sobre os fios melhorando a força de pentear e protegendo o cabelo de quebras durante o penteado. O tratamento com óleo de Argan também reduz a formação de pontas duplas, o que pode resultar em cabelos mais espessos e saudáveis; além de  reduzir os danos causados pela tintura de cabelo quando aplicado nos cabelos o tingimento. Além disso, o Óleo de Argan também hidrata o cabelo graças à vitamina A.

 Oil Reflections Smoothening da Wella

Este óleo é bem fluido e tem um cheiro bem exótico, com um  fundo de coco. É indicado para todos os tipos de cabelo e doa bastante brilho e maciez. Possui óleos de Macadâmia, Abacate, Extrato de Chá Branco e Vitamina E. O Óleo de Macadâmia doa emoliência e tem propriedade hidratante. Ele também é rico em ácidos graxos minerais e vitaminas que o tornam um forte antioxidante. Ele também  adiciona brilho e fortalece os fios, controlando o frizz e promovendo o desembaraço dos fios, isso tudo sem pesar. O Óleo de Abacate nutre, hidrata e dá brilho. Ele é rico em ácidos graxos e vitaminas A, E e D. Este óleo também é rico em Vitamina E, um poderoso antioxidante que ajudará a preservar os fios. Já o Óleo de Coco  presente na fórmula evita a perda de proteínas. Ele é  facilmente absorvido profundamente na haste do cabelo e hidrata, reduz a quebra, protege os fios dos desgastes do dia a dia (sol, vento, fumaça) e reduz a perda de proteínas.

Luxe Oil da Wella

Este óleo de consistência leve promete reconstruir os fios protegendo a queratina. Possui Óleos de Jojoba, Argan e Amêndoas, além da Vitamina E. Ele é capaz de proteger os fios pelo seu alto poder antioxidante. O Óleo de Jojoba, rico em vitaminas e minerais, irá hidratar, nutrir, proteger os fios, doar brilho e maciez. O Óleo de Amêndoas vai ajudar a lubrificar e suavizar os fios e também tem um alto poder antioxidante, que garante proteção. O Óleo de Argan irá hidratar, nutrir  e proteger das quebras.

Óleo Bifásico Nutri Óleos Poderosos da Eudora Siàge

Este óleo em duas fases possui óleos de Mirra, Argan, Amaranto, Baobá, Girassol, Manoi, Macadâmia, Linhaça e Coco. Ele é indicado para fios elásticos e danificados e aumenta a resistência enquanto doa maciez e brilho. Este óleo também conta com Queratina Vegetal (Proteínas de Trigo, Soja e Milho) e ingredientes antioxidantes, sendo capaz de reconstruir, hidratar e proteger os fios danificados, sem pesar.

Óleo Extraordinário Elseve L’Oréal Paris

Este óleo é um tratamento condicionante indicado para todos os tipos de fios que promete nutrir sem pesar. Ele entrega um toque extremamente macio aos fios e pode ser usado para proteger do calor das ferramentas térmicas ou para finalizar os fios, selando as cutículas, controlando o frizz e doando maciez extra. Este óleo possui Extrato de Camomila, Óleo de Coco, Óleo de Girassol, Extrato de linhaça, Gardênia do Tahiti e Extrato de Rosa Mosqueta. Ele hidrata, nutre e reconstrói os fios, deixando um toque de leveza e um brilho radiante.

cabelos · dicas · Sem categoria

Como os protetores térmicos funcionam

Os protetores térmicos fazem parte de diversos produtos finalizadores e prometem ajudar a manter os fios saudáveis durante o uso das ferramentas térmicas.

Você já se perguntou o quanto os protetores térmicos são de fato importante e quais os melhores ingredientes para proteger os fios?

Quando aquecemos nossos cabelos acima de 130ºC alguns danos irão ocorrer nos fios, os pigmentos do cabelo mudam de cor (é comum os cabelos descoloridos adquirirem um tom mais acobreado); as cutículas dos fios ficam rachadas e desfiadas e a umidade evapora de dentro do cabelo, deixando os fios mais secos. Baby liss e chapinhas podem fritar as proteínas de queratina que constituem cerca de 85% do nosso cabelo, tornando-o seco e quebradiço com o tempo. Por isso existem inúmeros produtos de proteção no mercado.

O uso de protetor térmico é fundamental para manter o cabelo saudável
O uso de protetor térmico é fundamental para manter o cabelo saudável

Mas, apesar de todo o apelo comercial, apenas alguns ingredientes de proteção térmica foram estudados de forma independente.

Um estudo de 1998 analisou os efeitos do copolímero de acrilatos VP/ DMAPA, quaternio-70 e proteína de trigo hidrolisada no dano por calor de um babyliss. Eles descobriram que todos os três resultaram em 10-20% menos danos. Soluções de 1% de todos os três foram usadas no estudo, o que demonstra que elas parecem funcionar em baixas concentrações. Os pesquisadores sugerem que todos os três formam películas finas na superfície do cabelo que retarda a condução de calor e distribui o calor de maneira mais uniforme. Isso significa que o cabelo vai aquecer suavemente em vez de repentinamente e isso causa menos danos.

Em 2009, Rigoletto et. all apresentaram  um método para testar a capacidade de um cosmético oferecer proteção térmica a cabelos submetidos ao calor excessivo, utilizando o método de medição de “fragmentação das fibras capilares” por meio da penteabilidade controlada com copolímeros de acrilatos VP/DMAPA e Poliquatérmio-55. As fibras capilares apresentaram menor quebra de seus fragmentos durante o teste de penteabilidade e os ensaios demonstraram  que a  proteção térmica ocorreu não só na superfície como também no córtex.

Zhou et al. (2011) investigaram os danos térmicos causados pelo uso da prancha e os efeitos térmicos protetores com um pré-tratamento com o polímero Poliquaténio-55, copolímero de acrilatos VP/ DMAPA e VP/Acrylates/ Lauryl Methacrylate copolymer e constataram uma redução de 97% da degradação da proteína helicoidal.

Hartung et al. (2013) estudaram a incorporação de um silicone catiônico (Quatérnio-22) e constataram que a temperatura para desnaturar o cabelo aumentou, indicando que o cabelo apresentava-se menos danificado pelo calor. A melhoria foi de 70% a 80% na proteção.

Muitos outros ingredientes também podem funcionar dessa forma para proteger o cabelo – os silicones, em particular, têm baixa condutividade térmica, o que significa que, quando revestem as fibras capilares, transferem o calor lentamente. Amino silicones como quatérnios de silicone em condicionadores enxágue podem proteger o cabelo durante tratamentos térmicos de acordo com estudos do fabricante, e de acordo com o site LabMuffin, é provável que silicones como dimeticone em produtos em spray também possam (embora eles possam não revestir as fibras capilares também). Os silicones também selam a cutícula do cabelo e reduzem a perda de umidade, o que também ajuda a proteger contra os danos do calor.

Visto que os mecanismos (reduzindo a condução de calor, reduzindo a evaporação da água) pelos quais esses protetores de calor atuam são tão gerais, é provável que muitos outros ingredientes funcionem para reduzir os danos causados ​​pelo calor também – eles apenas não foram estudados ainda.

Mas devemos ter em mente que os protetores de calor apenas reduzem a quantidade de danos causados ​​pela modelagem térmica, eles não irão proteger completamente o seu cabelo.

Resumidamente, copolímero de acrilatos PVP / DMAPA, quaternium 70, proteína de trigo hidrolisada e silicones (quatérnios de silicone, dimeticone) reduzem os danos causados ​​pelo calor, mas não são capazes de conferir proteção total, por isso é importante evitarmos o uso excessivo das ferramentas térmicas.

Boas notícias

Apesar de hoje a proteção térmica do cabelo ainda ser um  assunto pouco estudo e bem limitado, pesquisadores da Universidade de Hiroshima desenvolveram no ano de 2020 uma nova técnica para observar detalhadamente o processo do calor alterando as proteínas da queratina e isso ajudará na busca de melhores ingredientes para a proteção térmica.

Antes disso, aparência das proteínas eram vistas antes de serem aquecidas e após a agregação térmica e não o processo como ele acontece. As informações progressivas sobre as mudanças estruturais da proteína ajudarão na busca por ingredientes ativos que possam suprimir os danos causados ​​pelo calor no cabelo.

Protetor térmico é importante mas não protege 100% dos danos
Protetor térmico é importante mas não protege 100% dos danos

Com base nessa pesquisa poderão ser desenvolvidos novos produtos capilares capazes de curar ou suprimir os danos ao cabelo devido ao tratamento térmico, pois assim fica mais fácil julgar com rapidez e precisão quais ingredientes podem inibir efetivamente a mudança estrutural das proteínas da queratina de diferentes candidatos a compostos. Também fica mais fácil descobrir a temperatura à prova de calor de cada ingrediente que for estudado.

Alguns dos resultados das pesquisas foram apresentados durante a 20ª reunião anual da Protein Science Society of Japan, realizada em 2020.

Fontes:

https://labmuffin.com/how-do-heat-protectant-hair-products-work/

R McMullen & J Jachowicz, Thermal degradation of hair. II. Effect of selected polymers and surfactants (open access)J Cosmet Sci 199849, 245-256

AL Gomes & SS Aguiar, Dow Corning Latin America, Silicones as Protective Agents in Thermal Treatments for Hair (open access)

YH Lim, CH Park & J Kim, Hair conditioning effect of amino silicone softeners in varied treatment conditionsFibers and Polymers 201011, 507-515

https://phys.org/news/2021-01-scientists-heat-damaged-hair.html

**https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9139/tde-31052016-160629/publico/Cibele_Rosana_Ribeiro_de_Castro_Lima_DO_corrigida.pdf