beleza · cabelos · cronograma capilar · L'Oréal Professionel · Sem categoria

Inforcer e Cronograma capilar

O Cronograma Capilar nunca esteve tão em alta, mas algumas máscaras como a Inforcer geram muita confusão na hora de classificar a etapa

Se você chegou até aqui é porque provavelmente tem dúvidas sobre em qual etapa deve encaixar a sua máscara Inforcer da L’Oréal Professionnel. Então, vamos lá.

inforcer cronograma capilar

Já fiz uma resenha sobre a máscara e sempre a classifiquei como reconstrução, mas não uma reconstrução como conhecemos no conceito de Cronograma Capilar, mas sim por aproximação de resultado final.  Vou explicar melhor:

Os ativos da Inforcer são: Vitamina B6 e Biotina

A Vitamina B6  desempenha um papel importante no metabolismo celular, ajudando a incorporar um aminoácido, conhecido como cistina, no processo de construção do cabelo. Os pesquisadores estudaram os efeitos da vitamina B6 em diferentes formas de perda de cabelo em seres humanos e animais e descobriram que a vitamina B6 poderia prevenir a alopecia ou ajudar no processo de desenvolvimento de novos fios.  Já a biotina  bombeia a camada protetora de queratina do cabelo, impedindo que ele fique seco e quebradiço. O cabelo fica assim mais rico em proteínas, tornando-o mais saudável, cheio e fácil de hidratar.

O conceito que a gente conhece de reconstrução é de máscaras que já possuam proteínas ou aminoácidos em sua fórmula e consigam devolver esses elementos para os fios já na aplicação. A Inforcer não possui proteínas ou aminoácidos, mas como mostrado,  é capaz de estimulá-los, podendo ser considerada assim, uma “reconstrução/reparação” a longo prazo. Isso porque, ela não possui nenhum outro ingrediente que a torne hidratante ou nutritiva.

Entretanto, ela é uma máscara que poderá ser inserida em qualquer dia da etapa de quem segue o cronograma, e inclusive pode ser utilizada dias seguidos, sem trazer nenhum malefício para os fios. Caso o seu cabelo esteja muito danificado, você deve utilizar uma reconstrução mais potente e rápida, que já seja rica em aminoácidos e/ou proteínas e utilizar a Inforcer para ajudar ainda mais no fortalecimento dos fios, pois é essa a proposta dela.

 

#saúde · aprovados · baratinhos · beleza · cabelos · cronograma capilar · dicas · estética · KNUT · Resenha · Sem categoria

Testei máscara de reconstrução Absolut (KNUT): Resenha

Máscara reconstrutora KNUT ABSOLUT
Máscara reconstrutora KNUT ABSOLUT

Testei a máscara de reconstrução Absolut da KNUT, que promete hidratar, dar maciez e brilho aos cabelos.

Olá, bonequinhas!

Voltei hoje para contar para vocês sobre um achado!! Já contei aqui no blog que sigo o cronograma capilar e que ele realmente mudou a minha vida (hahahaha exagerado, mas com certeza mudou muito a saúde dos meus finíssimos e ondulados cabelos que sempre quebravam horrores – e ainda quebram quando eu dou uma relaxada e não sigo o cronograma certinho rsrs). Se você não conhece o cronograma capilar, clique aqui para ler o post.

Eu nunca havia ouvido falar ou lido nada sobre esta máscara (na verdade, sobre a marca em si), mas estava desesperadamente precisando de uma máscara reconstrutora e acabei entrando em uma loja de cosméticos em Copacabana.

Pedi ajuda para uma das vendedoras, pois, apesar de já ter meus produtos queridinhos, gosto de conhecer coisas novas. Foi aí que me indicaram a KNUT. Fiquei desconfiada pelo fato de realmente NUNCA ter ouvido falar da marca. Mas levei para casa uma máscara de nutrição e uma de reconstrução. Como o post é sobre a ABSOLUT (reconstrução), vou focar nela (mas já digo logo que amei a outra também e já desejo todas as máscaras da marca rsrs. Pronto, falei!!).

Para começar, ela tem o mesmo cheirinho suave e gostoso da Absolut Repair Cellular da L’oréal Professional (que é absolutamente maravilhosa, a minha máscara reconstrutora preferida). E no final das contas, não é só o cheiro parecido, ela é realmente uma máscara muito parecida e com um preço mais acessível (paguei pouco mais de R$40). Antes de vir escrever o post dei uma pesquisadinha aqui pela internet e vi que realmente a ideia da máscara era de uma fórmula parecida. Bom, deu super certo!

 

Máscara Absolut

Segundo a embalagem:

“A Máscara de tratamento de alta performance KNUT ABSOLUT é ideal para reconstrução instantânea dos cabelos danificados e foi desenvolvida com modernos ativos biotecnológicos. Phyto-Keratin combinado com o poder do Ácido Láctico reconstroem instantaneamente todas as regiões do cabelo, criando uma barreira isolante para conter os nutrientes essenciais no interior do fio e protegendo o cabelo contra novas agressões. Seus ativos foram selecionados para conferir hidratação, maleabilidade, maciez e brilho aos cabelos, resgatando a saúde e resistência dos fios”.

Compare e compre:

Zattini:

KNUT Absolut

Americanas:

KNUT Absolut

KNUT Absolu Mask modo de uso
KNUT Absolut Mask – modo de uso
  • Segundo a KNUT, todos os produtos da marca são liberados para Low Poo.
#saúde · beleza · cabelos · cronograma capilar · dicas · estética · Sem categoria

Cronograma capilar: disciplina é mais importante do que produtos caros

Cabelos com brilho e bem cuidados pós cronograma capilar
Cabelos com brilho e bem cuidados pós cronograma capilar.

A gente vê propaganda de milhares de produtos diferentes que prometem deixar nossos cabelos maravilhosos, mas antes de qualquer coisa temos que saber muito bem do que nossos cabelos realmente precisam e com que frequência.

Olá , bonequinhas!

Como sou blogueira novata e não recebo patrocínios, posso contar a verdade e o post de hoje será sobre algo que definitivamente mudou a saúde dos meus cabelos e eu mal estava me aguentando para contar… quem me conhece sabe, sempre que elogiam meus cabelos, ou simplesmente escuto alguém falando sobre cabelos, já vou logo me metendo e falando sobre o cronograma; essa bendita agenda de tratamento para o cabelo.

Confesso que demorei um pouco para começar a fazer, primeiro porque parecia ser muito trabalhoso, segundo, porque não levava muita fé… na minha cabeça era só comprar algum desses produtos mais caros, renomados, da modinha… Acontece que os produtos da modinha quando funcionam (se funcionam) perdem logo o efeito. Você gasta o seu rico dinheirinho, tem alguns momentos de felicidade, faz propaganda do produto pra Deus e o mundo, e de uma hora pra outra TUDO MUDA! Seu cabelo que estava lindo e sedoso com aquele produto, começa a ficar opaco, ressecado e quebradiço.

Por que será que você entra nas páginas da internet para ver os comentários sobre determinado produto e vê pessoas falando muito bem e outras falando muito mal? Vou tentar explicar de forma simples: cada cabelo necessita de determinadas coisas em determinados momentos; ou seja, hoje ele precisa de mais hidratação, amanhã de nutrição, no outro dia de reconstrução/reparação. É por isso que o cabelo parece “viciar” no produto e perder o efeito. Não é que o produto tenha ficado ruim de uma hora pra outra, é o seu cabelo que não está precisando daqueles ativos naquele momento, mas de outros. Pra começar você deve conhecer bem o seu cabelo. Partindo deste princípio, você já sabe do que vai precisar:  produtos para cabelos secos, oleosos ou mistos; para cabelos grossos ou finos etc.

A partir daí, você montará a sua agendinha PERSONALIZADA para deixar seu cabelo digno de estrela de Hollywood.

Se você possui muita química no cabelo: deverá começar com bastante reconstrução. Invista forte nisso. No processo de recuperação do meu cabelo (eu era loira platinada e resolvi voltar a ser morena) comecei com o Absolut Repair Cellular da L’Oréal Professional.

Existem milhares de ótimos produtos reconstrutores e reparados no mercado, baratos e caros; o importante mesmo é que você invista em um reconstrutor quando tem o cabelo muito detonado; seja por químicas, como tintura, descoloração, alisantes, progressivas, muita chapinha e secador etc.

Quando sentir que seu cabelo já não está mais tendo o mesmo efeito quando usar o reconstrutor, pare (por alguns dias). Agora está na hora de começar a revezar hidratação e nutrição também. Independentemente dos produtos e marcas que comprar, o mais importante é ficar de olho nos princípios ativos a que se destinam os produtos.

Geralmente o rótulo diz se é nutrição, hidratação, reconstrução/reparação, então, você não precisa ser nenhuma expert no assunto, só precisa saber como montar a sua agendinha.

No meu caso hoje, com o cabelo praticamente sem químicas (utilizo tonalizante) e secador/chapinha eventualmente, faço assim:

1º dia -hidratação (máscara)

2º dia -hidratação (máscara)

3º dia – nutrição(máscara)

4º dia – reconstrução (máscara)

5º dia – nutrição (máscara)

6º dia – hidratação (máscara)

7º dia – xampu + condicionador para dar brilho (o rótulo diz que possui vitaminas, mas não especifica se é hidratação, nutrição etc)

Este é o meu cronograma atual, mas ele e os produtos vão mudando com o tempo. Quando acabam os produtos, vou trocando de linha, marca etc; pois são muitos os ativos e você só saberá com quais seu cabelo se dá melhor, testando!

O objetivo principal da hidratação é repor a água e os lipídios dos fios de cabelo.

A nutrição dos fios consiste em repor os óleos, cuja perda torna o cabelo opaco, aquela coisinha sem graça, que não brilha por nada.

O objetivo da reconstrução é recuperar a matéria natural do cabelo, a massa ou espessura perdidos que o tornam mais frágeis e quebradiços.

Obs1.: Queratina em excesso torna o cabelo muito rígido, podendo levar até à quebra! Fique atenta aos rótulos, para não exagerar na queratina.

Obs2.: Diferença entre Reconstrução e Reparação:

“A reconstrução, feita com aminoácidos, proteínas e etc. de baixo peso molecular, consegue penetrar nos fios de tal forma que pode chegar até ao córtex, fazendo um tratamento mais profundo e reconstruindo os fios, corrigindo fissuras, ‘reconstruindo’ realmente os fios”.

“Reparação: óleos, manteigas, ceramidas e outras proteínas que geralmente doam muita maciez aos fios – geralmente são ativos que comumente encontramos na fase Nutrição do Cronograma, mas eles não vêm sozinhos, eles também estarão acompanhados de alguns elementos reconstrutores, como a queratina”.

Obs.3: Nunca deixe de usar protetor térmico antes de usar secador e/ou chapinha ou babyliss (se morar em lugar que faz muito calor, dê preferência para os que possuem filtro solar, para que não desbotem).

Obs.4: Utilize um óleo/spray finalizador pós secador/chapinha.

Leia também:

Pill Food para unhas e cabelos

Dica: enluvando os cabelos na hora do banho

Testei máscara de reconstrução Absolut (KNUT): Resenha

Testei Retoque instantâneo Koleston Wella: Resenha

Xampu Coco Loco e máscara Coconut Mask Coco Loco da Lee Stafford: Resenha

Testei xampu e condicionador My Big Fat Healthy Hair da Lee Stafford : Resenha

Dry Shampoo (Lee Staford): Resenha

CHI KERATIN MIST: Resenha

Straight hair (K. Pro) X Heat Protection Shine Mist (Lee Staford): Resenha

Perfume para cabelo Love my Hair (C. Kamura): Resenha

Ecru New York: Luxe Treatment Shampoo / Volumizing Silk Mist: Resenha

beleza · cabelos · cronograma capilar · dicas · Sem categoria

Devo usar máscara ou condicionador?

Qual é a melhor opção para ter cabelos bonitos e bem cuidados? A resposta é: depende.

Olá, bonequinhas!

Hoje o post é sobre uma dúvida que fica na cabeça de muita gente: quando o condicionador pode ser substituído pela máscara? O que vale mais a pena?

condicionador ou mascara

Se você já leu posts ou assistiu vídeos meus sobre cabelos, já deve ter reparado que eu QUASE SEMPRE opto pela máscara e deixo o condicionador de lado. Mas confesso que preciso ter alguma opção de condicionador em mãos para casos específicos.

O nosso cabelo possui pH entre 4,5 e 5,5 e as máscaras que deixam nosso cabelo soltinho na hora da lavagem são aquelas com pH menor do que 4,0. Algumas máscaras mostram esta informação na embalagem, mas muitas não mostram, o que quer dizer é que você normalmente vai descobrir é testando mesmo.

Por que comecei a usar a máscara no lugar do condicionador? Esta história começou anos atrás, quando li em algum site na Internet que as europeias não usam condicionador, somente máscara (e eu já tinha pensado sobre isso, pois notava que quase sempre que usava máscara meu cabelo ficava bem mais bonito). Na época eu ainda não conhecia o Cronograma Capilar e as máscaras só funcionavam durante um tempo. Eu sabia que tinha que ir trocando, mas ainda não sabia o porquê. Hoje não me recordo onde li sobre as europeias, mas pesquisando sobre o assunto, achei esta matéria da F5, em que o Marco Antônio de Biaggi fala sobre isso: “O condicionador tradicional desapareceu das prateleiras europeias. Agora o que se usa é uma máscara poderosa e o ‘leave in’ para finalizar”.

condicionador ou mascara

O condicionador tem a função de fechar as cutículas dos fios e dar mais maleabilidade ao cabelo. Entretanto, ele não penetra nos cabelos como as máscaras, que realmente tratam os fios. Por isso os efeitos das máscaras são bem mais visíveis. Só que se você usar máscaras com o pH mais alto, provavelmente seu cabelo não ficará tão soltinho e você necessitará de um condicionador para conseguir desembaçar e pentear seu cabelo com mais facilidade.

Eu realmente só uso condicionador quando o cabelo não está soltinho depois da máscara (e condicionador vem sempre depois da máscara), ou em raríssimas ocasiões que não estou com a máscara certa do Cronograma, prefiro também usar o condicionador pois não penetra tanto e não irá sobrecarregar os fios com ativos repetidos e/ou que não estou necessitando no momento.

 

Tenho a raiz super oleosa, pontas ressecadas e cabelos ondulados e lavo os cabelos todos os dias (sim, se não lavar a raiz fica nojenta, for que eu vou pra academia e fico super suada; então, não lavar não é uma opção). Pouquíssimas máscaras pesaram meu cabelo (mesmo usando máscara todo santo dia) e sempre consigo o resultado de cabelo de salão que eu tanto gosto. Não sinto tanta necessidade de um leave in para finalizar (como as europeias), mas tenho algumas opções aqui, para diminuir o frizz quando alguma máscara não teve esse efeito.