beleza · dicas · pele · pele oleosa

A importância do microbioma para a saúde da pele

O microbioma equilibrado é fundamental para manter a pele bonita e saudável. Descubra onde você está errando em sua skincare.

Se você está sempre investindo em cosméticos para a pele e percebe que ela nunca está boa: está com muita acne, seca, sensível, descascando e avermelhada, o seu problema deve estar no microbioma. Este nome tem ganhado cada dia mais importância na indústria dos cosméticos, mas muita gente ainda não entende bem o seu significado.

O microbioma é o conjunto de microorganismos que habita em determinado local, ou seja, são os bichinhos invisíveis que estão ali na sua pele e estão lá para deixá-la equilibrada e protegida de outros micro-organismos.

Por que meu microbioma está desiquilibrado?

Existem diferentes causas para um microbioma desiquilibrado, que incluem a má alimentação, cigarro, raios ultravioleta e agentes oxidantes de forma geral (esses podem ser externos e também provenientes de alimentação, remédios, anestesias etc). O uso de cosméticos também pode afetar o microbioma e trazer efeito oposto ao desejado. Algo muito comum de acontecer em quem tem pele oleosa e bem acneica, é usar muitos produtos secantes para espinhas e acabar com a pele extremamente seca/sensível e ainda oleosa e com espinhas (já expliquei algumas vezes aqui no blog que oleosidade e hidratação da pele são coisas totalmente diferentes).

É preciso prestarmos atenção para descobrir onde estamos errando. Se a sua alimentação é cheia de açúcar, gordura saturada, com pouca água, verduras, legumes e frutas, fica bem clara a resposta. Assim como o cigarro e sol em excesso sem proteção, nossa pele costuma “gritar”  quase instantaneamente.

Bons hábitos contribuem para uma pele saudável
Bons hábitos contribuem para uma pele saudável

Microbioma alterado pelo uso de cosméticos

Quanto ao uso de cosméticos, é bom sempre lembrar de seguirmos os passos básicos de cuidados com a pele: limpeza, hidratação e proteção. A pele precisa estar sempre bem limpa para manter seu microbioma equilibrado, assim como os ativos antioxidantes e o protetor solar ajudarão a manter a pele também protegida dos agentes nocivos.

A pele pode ficar extremamente seca e sensível com o microbioma em desequilíbrio
A pele pode ficar extremamente seca e sensível com o microbioma em desequilíbrio

Quanto ao uso de outros cosméticos, como produtos para rugas gordurosos, ácidos e produtos para espinhas; precisamos prestar bastante atenção quando utilizamos para saber se eles estão desencadeando o problema. Produtos para peles mais secas possuem oclusivos que podem prejudicar peles mais oleosas e prender os microorganismos nocivos lá (caso a pele não tenha sido limpa da maneira adequada). Os ácidos como o retinóico tornam a pele muito mais permeável para outros ativos, e seca/sensível, podendo desencadear irritações e desequilibrar o microbioma caso ela não esteja adequadamente hidratada. O mesmo vale para os produtos secativos para controle de espinhas/oleosidade, que usados em exagero só trarão malefícios para a pele.

Outros fatores

Outros fatores podem estar influenciando no seu microbioma e saúde da pele de forma geral, como questões hormonais ou até mesmo alguma doença não diagnosticada; por isso, se você faz tudo da maneira correta e mesmo assim percebe que a sua pele nunca está boa, deve procurar ajuda médica para um melhor diagnóstico.

Em alguns casos é fundamental a avaliação de um médico
Em alguns casos é fundamental a avaliação de um médico

Além disso, também veremos pessoas que farão várias coisas erradas e perceberemos que mesmo assim possuem a pele ótima: aí entra a questão genética. Sim, fatores genéticos também influenciam na saúde da nossa pele (como em todo o resto).